.comment-link {margin-left:.6em;}

Cinecasulofilia

0 - fuja! * - razoável ** - bom *** - muito bom, recomendado **** - obra-prima!

segunda-feira, outubro 29, 2007

Démanty noci

Diamantes da Noite

De Jan Nemec

*** ½

 

Já assisti há um tempo este filme de Jan Nemec, mas queria revê-lo antes de comentar, mas como já vi que não o farei, escrevo alguma coisa sobre o filme, ainda que sendo uma impressão parcial. Primeiro filme de Jan Nemec, um dos filmes mais impactantes da “nouvelle vague tcheca”, Diamantes da Noite (1964), em vigoroso preto-e-branco, é um filme perturbador, primeiro porque transcende o seu tema aparentemente político para um extraordinário trabalho de linguagem como se fosse um pesadelo filmado. O filme trata de dois jovens que conseguem escapar de um trem cujo destino é o campo de concentração nazista. Acontece que só ficamos sabendo desse fiapo de tema depois da metade do filme, que em sua primeira metade é uma asfixiante fuga dos meninos pela mata fechada. Durante esse percurso, surgem temas, ora ligados a um flashback narrativo, ora que parecem fruto da própria imaginação atormentada dos fugitivos. Entre o realismo de guerra e o surrealismo (especialmente quando a dupla encontra uma casa que lhes serviria de refúgio), Diamantes da Noite é um filme sobre a sobrevivência, e sobre a possibilidade de manutenção da lucidez diante de um mundo árido e doentio. A excelência do trabalho de fotografia e câmera de Jaroslav Kucera promove um mergulho radical nesse clima asfixiante e a montagem concisa (o filme tem menos de 70´) e sua excelência no trabalho de linguagem (clima onírico mesclado ao realismo, câmera na mão com jump cuts, uso dramático do som) faz de Diamantes da Noite um filme profundamente inventivo em termos de linguagem sem deixar de ser um filme humano, político, urgente. Um filme contemporâneo pois mergulha no desespero desses jovens sem se preocupar em oferecer motivações psicológicas sobre sua origem ou destino: é um filme sobre seu percurso de fuga e seus delírios. Um grande filme esquecido que precisa urgentemente ser resgatado!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home