.comment-link {margin-left:.6em;}

Cinecasulofilia

0 - fuja! * - razoável ** - bom *** - muito bom, recomendado **** - obra-prima!

segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Offside

Offside
de Jafar Panahi
* ½

A primeira coisa que eu lembrei vendo Offside foi do projeto do Philipp Hartmann sobre os sentidos da palavra “impedimento”. Ele simplesmente perguntava a um conjunto de pessoas o que significava a palavra “impedimento”. Muitos falavam da regra do futebol; outros viam o impedimento como um sentido maior. O filme de Jafar Panahi mostra algumas meninas iranianas que não conseguem entrar no estádio para ver o jogo decisivo da classificação do Irã para a Copa do Mundo. Elas são “impedidas” simplesmente porque são mulheres, e mulheres não podem entrar num estádio de futebol. Ou seja, o filme fala de alguns tabus da sociedade iraniana mas com humor e leveza. Isso é interessante, como Panahi tanta jogar o cinema iraniano para frente, com o estilo de combinar ficção e documentário, mas de outra forma, e especialmente com o uso da comédia. Só que ao mesmo tempo fica aquele gosto terrível de produção internacional, de um olhar caricato, dado o tom do filme. Outro desafio é filmar praticamente em tempo real, e a verdade é que o roteiro tem alguma dificuldade em nos prender a atenção, pois todo o filme se passa no instante do jogo. Há alguns recursos interessantes, como um olhar de bastidores para o jogo, já que o jogo em si nunca é mostrado para o espectador, e sim as paixões e emoções que o futebol desponta nas pessoas. Um filme leve, despretensioso, mas nada além disso. Uma pausa interessante.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home