.comment-link {margin-left:.6em;}

Cinecasulofilia

0 - fuja! * - razoável ** - bom *** - muito bom, recomendado **** - obra-prima!

segunda-feira, julho 02, 2012


Adeus. Madrugada. Não consigo dormir.

Começo a zapear filmes no meu computador; aqueles filmes que baixei há algum tempo mas que deixei para ver “um dia”. Insone, vou zapeando, como se fosse um canal de TV a cabo, mas pelos arquivos, de um a outro filme: quinze minutos de um, uma cena de outro, outro filme que já vi e quero rever uma cena lá pela metade do filme. É outra forma de se relacionar com os filmes, diferente da sala de cinema, em que calçamos um sapato, penteamos o cabelo, saímos de casa, pegamos o ônibus, pagamos o ingresso, entramos no cinema, escolhemos com cuidado um lugar bem silencioso, e vemos o filme do início até o fim. De forma quase randômica, a tela do meu computador (na verdade a tela da minha televisão de 40´´, ligada ao meu computador através de uma saída HDMI) vira uma espécie de galeria, em que, sem sair da minha cadeira (a poltrona reclinável só vai chegar mês que vem, morar em Fortaleza é isso...), vou entrando e saindo de cada uma das salas, ou melhor, vou de um a outro filme, apenas com alguns cliques de um mouse sem fio, sobre um puff ao lado da minha cadeira. Improvisadamente, de forma quase randômica, vou fazendo uma curadoria meio anômala (nesse esquema, todos podemos ser curadores: o cardápio está lá, é só escolher): um trecho de um filme do Shimizu; depois um curta português contemporâneo filmado em Macau, do João Pedro Rodrigues; um trecho de um doc estranho do Johan van der Keuken (De Weg naar het Zuiden); um pedaço lá pelo meio de Amarcord (dois minutos: uma cena numa mesa de jantar em família e – meu Deus, como tudo é sem vida, embolorado e datado!); corto para a mesa de jantar em Viridiana; volto para rever a cena entre mãe e filho no começo de A Garganta Aberta, do Pialat. Vou ao banheiro. Pelo basculante, vejo que já é dia (aqui amanhece cedo). É melhor dormir (não se reluta contra o tempo).

Adeus. Nenhuma chamada não atendida. “Vou dormir pois amanhece”.

2 Comments:

OpenID cultureinjection said...

Já me vi muitas vezes nessa situação.

1:28 PM, julho 12, 2012  
Anonymous Fabiana (fabianapeixoto.cultura@gmail.com) said...

Olá, Marcelo!

Gostaria de saber se vc irá ministrar algum curso preparatório para o concurso da Ancine aqui no Recife (mesmo conteúdo do curso Gabarito - RJ).

Obrigada!

10:47 AM, julho 19, 2012  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home